Tem cidadania europeia? Saiba como fazer a graduação em Portugal.

Você já deve ter ouvido falar que o ENEM é aceito em Portugal como prova de acesso para os cursos de graduação. Contudo os brasileiros que possuem dupla cidadania, sendo uma europeia, não podem usar suas notas do ENEM para garantirem uma vaga. Nesse caso  o estudante é considerado nacional ou equiparado, tendo que concorrer através dos mesmos concursos oferecidos aos estudantes portugueses. Isso também se aplica aos estudante que possuem dupla cidadania e que já estudam em uma universidade no Brasil e querem se transferir para Portugal.

Existem em Portugal várias formas de acesso ao ensino superior.  A forma de acesso mais comum é o concurso nacional. Para se candidatar ao concurso nacional o aluno deve fazer os exames nacionais. Estes exames são feitos em Portugal no mês de junho. Em julho existe uma segunda chance para os alunos que pretendem melhorar  a nota, mas só poderá fazer em julho que fez a prova de junho.

Diferente do ENEM, no exame nacional o aluno não faz a prova com todas as disciplinas que estudou no ensino médio. Para os que estão terminando o ensino médio existem provas obrigatórias (Português, por exemplo),  mas para quem faz apenas para o acesso ao nivel superior, as disciplinas dependem da instituição e do curso que vai se candidatar. Por exemplo, se o aluno quer se inscrever  no curso de Economia da Universidade  de Lisboa poderá usar as notas das provas de Matemática e de Economia, ou só a nota de Matemática, ou a nota de Matemática e de Português, mas se optar pelo curso de Economia da Universidade de Coimbra terá que fazer apenas a prova de Matemática. Ou seja, fará um conjunto de provas necessárias para o curso escolhido.

Outra grande diferença é que as notas do ensino médio compõem a nota final de candidatura. Para quem fez o ensino fora de Portugal, é necessário tirar a certidão de equivalências. Esse documento é tirado em escolas secundárias de Portugal. Para tal é necessário se dirigir a uma escola secundária com o histórico escolar. Este documento deve estar com a apostila de Haia.  Desta forma é indispensável que o aluno que queira se candidatar a cursos com maior concorrência tenha boas notas ao longo do ensino médio.

Para quem necessita prestar os exames nacionais é fundamental ter em mente que os conteúdos são um pouco diferentes do currículo brasileiro. Algumas disciplinas nem sequer são dadas no ensino médio, como é o caso de economia e geologia. Até mesmo os conteúdos de Língua Portuguesa, não são os mesmos e existem variações sutis da língua que podem dificultar e muito quem não está habituado com o "português de Portugal". Portanto se faz necessário uma preparação com uma certa antecedência.

Aqui no nosso site disponibilizamos um serviço de assessoria, onde o estudante com dupla cidadania pode tirar suas dúvidas sobre a candidatura pelo exame nacional. Fazemos também a inscrição do aluno aqui em Portugal e tiramos o certificado de equivalências. Indicamos ainda um curso online preparatório para os exames. Saiba mais...

5 Comments

  1. Gostaria de saber mais sobre essa assistência para o ingresso pelo concurso nacional e também sobre o curso, pois o link levou a uma página que não existe.

    Outra dúvida é que fui uma aluna mediana no ensino médio, tendo minhas notas quase sempre chegando na média, isso pode influenciar muito no meu caso? Quero ingressar em uma universidade boa de medicina veterinária, como a do Porto ou a de Lisboa.

    Tentarei também pedir transferência, pois estudo em uma Federal do brasil, e sempre tirei notas boas, isso tem peso na escolha dos alunos que vão ingressar por transferência? Obrigada

    • Olá Júlia,

      Prestamos um serviço para quem quer fazer o exame nacional. Na assessoria está incluido alguns serviços que serão feitos aqui em Portugal, como por exemplo a inscrição do aluno em uma escola secundária portuguesa, onde ele irá realizar as provas e a certidão de equivalência do ensino médio do Brasil com o secundário de Portugal.

      A nota final do concurso leva em consideração sua nota do ensino médio, e para cursos com muita procura ter notas boas no ensino médio é muito importante.

      Este ano, algumas universidades começaram a aceitar, para o concurso de transferência de alunos que possuem dupla cidadania, as notas do ENEM. Pode ser uma boa oportunidade para o seu caso.

      Sugiro que você envie mensagem pelo nosso formulário de contato, para que possamos lhe dar informações mais completas.

      Um forte abraço.

  2. Gostaria de saber o que tenho que fazer para ingressar em uma faculdade de medicina em Portugal, tendo dupla cidadania. À vista que tive notas boas no ensino médio, mas não excelentes, isso influenciará muito?
    Além disso, gostaria de obter mais informações sobre essa assistência para brasileiros com dupla cidadania.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *