A Língua Portuguesa nos une

Nossa pátria é nossa língua.

Nossa língua nos une, isso é indiscutível. Nos  sentimos muito mais acolhidos e seguros quando chegamos em um país que fala a nossa língua. Quem já viajou para outros países, sabe muito bem o que estou dizendo. Agora imagine poder assistir aulas em língua portuguesa!  Esse sem dúvida é um dos principais motivos para muitos brasileiros optarem em fazer seu curso superior em Portugal. Em algumas universidades, inclusive, é dado um desconto nas mensalidades para alunos que pertençam a CPLP (Comunidade dos Países de Língua Portuguesa).

Apesar de muitas palavras do cotidiano não serem iguais, facilmente o estudante que chega a Portugal acaba se adaptando as "diferenças sutis" do português. É interessante perceber que somos facilmente entendidos. Os portugueses conhecem as expressões e a forma como falamos. Isso se deve principalmente as novelas e ao grande número de brasileiros que vivem aqui.

Uma porta aberta para o mundo...

A internacionalização das universidades também é um ponto positivo para quem quer estudar em Portugal. Alguns  protocolos e programas, como por exemplo o Eramus, trazem para as universidades lusitanas, por ano, cerca de 34000 alunos de 200 nacionalidades. O que torna o ambiente universitário um solo fértil de trocas de experiências e conhecimento e permite o contato com diferentes idiomas e culturas.

Ser um país europeu e fazer parte da comunidade europeia também é um grande atrativo. Facilmente o estudante consegue conhecer diversos países ou mesmo programar um intercâmbio nas férias. É possível encontrar passagens aéreas em companhias low cost a partir de 20€ para Itália, França e Espanha, por exemplo.

Ambiente Receptivo

Ir para um país distante, longe da família e dos amigos é um grande desafio para muitos jovens. Alguns chegam a desistir do sonho de estudar no exterior, justamente pela instabilidade emocional que a situação pode trazer. Sendo assim, escolher um país que acolhe todos que chegam é um grande alento. Em Portugal os estrangeiros encontram um povo extremamente receptivo, tolerante com as diversidades e amável.

A sensação que se tem ao conversar com os portugueses, é que todos têm parentes que moram ou que já visitaram o Brasil. Além disso, conhecem nossas dificuldades políticas, cantam nossas músicas, adoram nosso churrasco e nossa caipirinha.  Enfim, sabem muito mais sobre nós, do que sabemos sobre eles.

Parecidos, mas não iguais!

Não se engane. Apesar das muitas afinidades, culturalmente temos muitas diferenças. E aí é importante entender que não existe melhor, nem pior, apenas diferente. Estar aberto a experimentar coisas novas é fundamental para quem quer levar de volta na bagagem muito mais do que um diploma.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *